Adolfo quer liderar CDS/PP

Vereador na Câmara da Covilhã diz que é candidato se houver congresso antecipado
0
255

O antigo vice-presidente do CDS-PP, Adolfo Mesquita Nunes, actualmente vereador da oposição na Câmara da Covilhã, será candidato à liderança do partido caso seja marcado um congresso antecipado, anunciou o próprio em entrevista ao jornal Público.

“Se o partido entender que deve haver um congresso electivo para discutirmos a liderança do partido, serei candidato a presidente do CDS”, afirmou o centrista.

Num artigo de opinião publicado na quarta-feira passada, no jornal ‘online’ Observador, o antigo secretário de Estado propôs a realização de um Conselho Nacional para convocar eleições antecipadas para a liderança ainda antes das eleições autárquicas, e defendeu que esta direcção “não conseguirá” resolver “a crise de sobrevivência” do partido. Nesse texto, não adiantava se seria candidato a suceder ao actual presidente, Francisco Rodrigues dos Santos, eleito há um ano para um mandato que termina em 2022.

Na entrevista ao Público, Adolfo Mesquita Nunes explicou que “esta não era uma decisão expectável” na sua vida e lembrou que “ainda há dois anos tinha dito que não queria fazer da política” a sua vida profissional. Adianta também que, apesar de o diagnóstico ser “do começo do ano”, esta decisão “surge a seguir às presidenciais”, porque entendeu que não podia avançar para a liderança do CDS-PP “enquanto estivesse a decorrer um processo eleitoral”.

Comments are closed.