Aldeias do Xisto à espera de muita gente na passagem de ano

Esperada taxa de ocupação superior a 90 por cento
0
485

As Aldeias do Xisto já estão como uma taxa de ocupação a rondar os 90 por cento para o fim do ano e também registam uma “forte procura” para o Natal, fruto de uma oferta que alia tradição, gastronomia, natureza e segurança, frisa o coordenador do projecto.

“As expectativas para esta altura são as melhores, porque estamos com taxas bastante elevadas para estes dias e continuamos a ter uma forte procura”, aponta Bruno Ramos, coordenador da ADXTUR – Agência para o Desenvolvimento Turístico das Aldeias do Xisto. Este responsável detalha que os diferentes operadores criaram pacotes específicos para esta quadra festiva e que a procura tem surgido essencialmente do mercado nacional, que encontra no destino Aldeias do Xisto a oportunidade de viver “experiências únicas e exclusivas”. “As Aldeias do Xisto são um destino bastante atractivo ao longo de todo o ano e o Natal e a passagem de ano não são excepção, antes pelo contrário, porque temos uma capacidade de acolhimento que conta com programas preparados à medida e que juntam diversas vertentes”, frisa.

Lembrando os novos desafios e preocupações que a pandemia causou, Bruno Ramos sublinha o facto de este ser um “destino muito seguro”, com ofertas diferenciadas que podem passar pelo alojamento num contexto mais rural e com a típica lareira ou por uma unidade hoteleira com ‘spa’. “Temos ofertas que abarcam diferentes públicos, numa lógica de imersão profunda naquilo que é a realidade das aldeias, associada à experiência de natureza, gastronomia e animação e sempre em segurança”, acrescenta.

(Notícia completa na edição papel)

Comments are closed.