Aluno brasileiro desenvolve dispositivo respiratório

Na UBI
0
338

O estudante brasileiro do Mestrado Integrado em Engenharia Aeronáutica, Lucas Barbosa, desenvolveu um Dispositivo de Assistência Respiratória não invasivo, que pode ajudar pessoas que estão no estágio inicial da evolução da covid-19.

Segundo a UBI, o aparelho apresenta como vantagens o baixo custo (aproximadamente 20 euros, onde o maior investimento é na compra de kit respiratório (máscara e tubo) e pode se construído a partir de materiais reciclados, desde que adequadamente esterilizados e que podem ser encontrados com facilidade: garrafões de água PET, ventiladores (usados na refrigeração de computadores), discos de algodão, fita adesiva, álcool e um kit de respiração, entre outros materiais.

O DAR não é um ventilador, projecto que Lucas Barbosa está agora a desenvolver, mas sim uma unidade que pode ser usada por doentes com leve falta de ar, funcionando como um inalador. O dispositivo pode ser construído por pessoas que não detenham grandes conhecimentos técnicos na montagem de equipamentos e, por isso, o estudante da Universidade da Beira Interior (UBI) desenvolveu um guia para mostrar como montar as peças, que pretende divulgar abertamente a todos os interessados. A ideia é ajudar a ultrapassar a pandemia mundial, sem recolher qualquer dividendo desta proposta. “Tenho a noção de que isto não vai salvar vidas. O objectivo é auxiliar quem esteja com falta de ar e não possa investir em outros dispositivos que tenham essa função”, salienta Lucas Barbosa, que acrescenta: “Por outro lado, pode ajudar a pessoa a sentir-se mais segura e evitar que recorra imediatamente às unidades hospitalares, aliviando a sobrecarga que hoje se verifica nos hospitais”.
Para a conclusão do projecto, Lucas Barbosa contou com o aconselhamento técnico de Juliana Sá, médica interna do Hospital Universitário Cova da Beira.
Terminado este projecto, Lucas Barbosa está agora a tentar desenvolver um Respirador de Ventilação Invasiva, tendo iniciado já os trabalhos.

 

Comments are closed.

Mais Notícias