Aprovado alvará para nova fábrica

Mepi Surfaces, empresa de polimentos, investe sete milhões no Parque Industrial do Tortosendo
0
398

A Câmara da Covilhã aprovou na reunião privada de sexta-feira, 9, a alteração do alvará de loteamento, pedido pela empresa Mepi Surfaces, para que as obras do novo pavilhão, no Parque Industrial do Tortosendo, possam avançar.

Vítor Pereira disse que o projecto, anunciado há quatro anos, “está no urbanismo” e contempla a “construção de raiz de uma nave com uma traça muito atractiva”, um investimento de sete milhões de euros, segundo os números adiantados pelo autarca.

O edil frisou que a empresa de polimentos de precisão tinha há seis anos 20 trabalhadores, agora emprega 200 pessoas na unidade localizada no Parque Industrial do Canhoso e “no futuro poderá chegar aos 400”.

Em Julho último o director industrial, Vítor Carvalho, aquando da visita da secretária de Estado da Valorização do Interior às instalações, informava que o grupo Grupo FM Sycrilor Industries, a que pertence a dependência na Covilhã, mantém a intenção de investir, no período máximo de dois anos, numa nova unidade fabril no Parque Industrial do Tortosendo, onde o terreno já foi adquirido, e criar pelo menos 50 postos de trabalho.

O responsável admitia há pouco mais de dois meses que o investimento estava atrasado em relação ao previsto, mas garantia que a nova unidade fabril, com toda a cadeia de produção para a galvanização de metais preciosos, vai avançar.

A expectativa da empresa é que até ao final de 2021 a construção da nova fábrica esteja concluída, com toda a cadeia de produção, e sejam criados pelo menos mais entre 40 a 50 postos de trabalho, além das 180 pessoas a laborarem no Canhoso.

(Notícia completa na edição papel)

Comments are closed.