Autarquia estuda alternativas às comemorações do 25 de Abril

Calendário festivo vai ser ajustado
0
675

A  habitual cerimónia comemorativa do 25 de Abril não se realiza, informou, na terça-feira, 8, a autarquia, mas a Câmara da Covilhã vai aguardar a evolução da pandemia da covid-19 e estudar formas alternativas de evocar os 46 anos da Revolução dos Cravos. Também a Assembleia Municipal ordinária deste mês foi “adiada”.

Vítor Pereira, presidente do município, considera não estarem reunidas as condições para que a sessão solene se realize e adianta que “o calendário festivo” será ajustado.

“Do ponto de vista físico será quase impossível ela se realizar. Há ideias interessantes para se implementarem, mas em função do evoluir da situação”, salientava o autarca, um dia antes de ser tomada a decisão de cancelar a sessão solene.

Vítor Pereira diz estarem a ser “prudentes” e, em função das medidas a que o novo coronavírus obrigar, serão tomadas decisões relativamente às comemorações.

“Vamos arranjar forma, uma maneira de comemorar. Vamos ver como. A cerimónia pública, no sentido físico, é difícil. Vamos puxar pela imaginação”, acentuava o autarca, na última segunda-feira. “Vamos tentar harmonizar com as medidas de contenção, para a data ser evocada e comemorada”, acrescenta, em declarações ao NC.

Comments are closed.