Belmonte sem iluminação de Natal

Autarquia diz que verba será guardada para ajudar famílias em 2023, caso seja necessário, face ao cenário de crise
0
257

A Câmara de Belmonte não vai, este ano, aplicar iluminação natalícia no concelho.

Na última reunião publica do executivo, na passada quinta-feira, 27 de Outubro, o vereador do PSD, José Mariano, perguntou se este ano, face às restrições existentes no país quanto a custos energéticos, as ruas seriam iluminadas como em anos anteriores.

“A minha opinião é, que tendo em conta a situação existente, que o Governo até vai colocar restrições quanto às iluminações, e tendo em conta algum frenesim de alguns presidentes de junta quanto às iluminações de Natal, não vai haver este ano. Mas uma coisa quero garantir: gastávamos 40 a 50 mil euros nas iluminações de Natal, mas esse dinheiro não vai ser gasto, para já. Porque estou convicto que, com os dados que temos já disponíveis, as famílias vão precisar de apoios. E então vamos guardar esse dinheiro para eventuais apoios que sejam precisos, pois vai ser muito difícil 2023” frisa o presidente da Câmara, António Dias Rocha.

O autarca diz que, contudo, cada freguesia fará “o que bem entender”, mas se se virem iluminações de Natal na vila “são da Junta de Freguesia, e não da Câmara”, o mesmo acontecendo noutras freguesias. Dias Rocha anuncia, no entanto, que haverá uma árvore de Natal construída pelos escuteiros, “com seis metros de altura”, junto ao Castelo, com “iluminação LED”, e luzes “na tília do Pelourinho, se conseguirmos”, face à altura da árvore.

André Reis, vereador independente, aplaude a medida. “O ano que aí vem será difícil para as famílias e é bom que haja esse fundo, que chamo de emergência social, para responder a esse tipo de situações”.

Dias Rocha afirma que medida “estará sujeita á crítica”, mas espera que a população entenda. “Se 2023 não for um ano difícil, melhor. Se crescer dinheiro, faremos umas iluminações melhores no próximo ano” garante.

Comments are closed.

Mais Notícias