Bispo apela à matrícula em Educação Moral Religiosa Católica

D. Manuel recorda que escolas são "espaços de educação e não só de ensino"
0
207

O bispo da Guarda, D. Manuel Felício, afirma que as escolas são “espaços de educação e não só de ensino”, e que para isso muito contribui a disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica, apelando a que os alunos se matriculem na disciplina.

O prelado recorda que se vive agora o tempo de matrículas nas escolas públicas do ensino básico e secundário e também da matrícula na disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica. “A escolha é da responsabilidade do encarregado de educação ou do próprio aluno, quando maior de 16 anos” lembra, adiantando que educar “é mais do que ensinar” e que esta disciplina 2coloca-se do lado do educar, ajudando os nossos adolescentes e jovens a fazerem boas escolhas e a comprometerem-se com elas até às últimas consequências.”

D. Manuel recorda que também a pandemia trouxe novos desafios e sobretudo, “continua a interpelar-nos para retomarmos a esperança rumo a uma nova normalidade de vida, que tem de incluir certas experiências, e algumas dolorosas, que fizemos, ao longo deste último ano e meio.”

Esta primeira semana de Maio “pretende a Educação Moral e Religiosa Católica dedicá-la ao retomar da esperança, depois dos tempos conturbados da pandemia que vivemos e ainda continua. E propõe-se envolver o máximo de professores e alunos das escolas no projecto denominado “Esperança-TE”.”

Comments are closed.