Câmara aposta em miradouros

Dois serão requalificados, outros dois serão construídos
0
906

A Câmara Municipal da Covilhã vai construir miradouros e remodelar alguns dos já existentes no concelho, designadamente na área da Serra da Estrela, anunciou a autarquia em comunicado.

Em nota de imprensa, a Câmara da Covilhã adianta que a primeira requalificação a avançar é a do Miradouro da Varanda dos Carqueijais, empreitada que deve estar concluída até Setembro de 2020 e que visa dotar o espaço de “características atractivas que levem os viajantes e os turistas a parar e a desfrutar de uma paisagem única sobre a Covilhã e a Cova da Beira”. O Miradouro do Covão também será alvo de uma intervenção, que deverá estar concluída até Dezembro de 2020 e que engloba a colocação de sinalética indicativa e explicativa da paisagem, bem como a instalação de mobiliário urbano adequado e criação de condições de estacionamento e de permanência no local.

Ao nível da construção de novos miradouros, está prevista a concretização de um na Nave de Santo António e outro no Alto dos Livros, segundo aponta este município.

O primeiro surgirá na zona dos Piornos, com acesso a partir da Estrada Nacional 339, junto ao Centro de Limpeza da Neve. Com o objectivo de potenciar o turismo de natureza, este miradouro deverá abrir ao público em Dezembro de 2020.

A outra infraestrutura a construir localiza-se na cumeada da zona do Alto dos Livros, com acesso a partir da Estrada Nacional 339. “O futuro Miradouro do Alto dos Livros pretende levar os viajantes e os turistas a parar e a desfrutar de uma paisagem rica sobre os vales da Cova da Beira e das Cortes do Meio, apostando na valorização paisagística. Está prevista a abertura ao público em Dezembro de 2020”, refere a Câmara. Que frisa que estas intervenções visam a criação de uma Rede de Miradouros e que se enquadram no plano de Conservação, Protecção e Desenvolvimento do Património Natural e Cultural, que conta com apoio financeiro através do Pacto de Desenvolvimento da Comunidade Intermunicipal das Beiras e Serra da Estrela.

Comments are closed.