Centro Hospitalar vai contar pontos da carreira aos enfermeiros

Administração informou que vai atender à reivindicação e sindicato desconvocou greve
0
164

O Sindicato dos Enfermeiros Português (SEP) anunciou na quinta-feira, 21, que o Centro Hospitalar Universitário Cova da Beira (CHUCB) vai aplicar a contagem de pontos aos enfermeiros que estavam a ser penalizados, pelo que a greve marcada para aquele dia foi suspensa.

O SEP tinha marcado para uma greve para exigir a contagem de pontos para a progressão na carreira dos enfermeiros, reivindicação que foi agora foi atendida, segundo informou Conceição Rodrigues, coordenadora da Direção Regional do SEP em Castelo Branco.

Segundo especificou, através de circular interna emitida na quarta-feira, o conselho de administração do CHUCB informou que irá proceder quer à contagem de pontos dos enfermeiros no período entre 2004 e 2014, quer à reposição de pontos para os enfermeiros especialistas e enfermeiros gestores que transitaram de categoria.

Vincando que essa situação levava a que enfermeiros com 20 anos de carreira estivessem a receber “exatamente o mesmo” que um enfermeiro recém-admitido, Conceição Rodrigues lamentou que, à semelhança do que aconteceu noutras unidades, o CHUCB não tenha tomado a decisão mais cedo, ao abrigo do “suporte jurídico” que já existia e da autonomia que as unidades hospitalares têm nesta matéria.

“Finalmente é feita justiça, mas o tempo é o que é e perdeu-se tempo”, disse, apontando a importância desta medida para que os enfermeiros se sintam “respeitados e considerados”.

Conceição Rodrigues explicou ainda que, em média, a contagem dos pontos representa cerca de 150 euros mensais e que estarão em causa mais de metade dos mais 400 enfermeiros do CHUCB.

“É um valor muito significativo e muito importante, desde logo porque é a reposição da justiça”, reiterou, acrescentando que a medida também terá efeitos retroactivos.

Deste modo, ressalvou que SEP já solicitou uma reunião ao conselho de administração do CHUCB para verificar a forma como é que os compromissos assumidos serão concretizados.

Lembrando que já estava prevista a realização de outro dia de greve em 19 de Agosto, sublinhou que, se até lá essa reunião não for realizada, o SEP pode voltar a emitir pré-aviso de greve para que a deliberação já tomada seja concretizada.

O CHUCB integra o Hospital Pêro da Covilhã e o Hospital do Fundão, abrangendo ainda a área do concelho de Belmonte.

Comments are closed.