Cova da Beira deu 33 toneladas de alimentos a quem mais precisa

Recolha do Banco Alimentar contra a Fome decorreu no passado fim-de-semana
0
369

O Banco Alimentar Contra a Fome da Cova da Beira recolheu perto de 33 toneladas de alimentos na campanha de Primavera que decorreu de forma presencial, no passado fim-de-semana, nos principais hipermercados da Beira Interior.

Os 950 voluntários do Banco Alimentar da Cova da Beira estiveram presentes em 57 lojas e recolheram 32 mil e 721 quilos de alimentos. “Foi uma verdadeira onda solidária, que permitiu um aumento de oito toneladas (33 por cento) dos alimentos recolhidos, face à última campanha (antes da pandemia, em Maio de 2019)” explica em comunicado.

O Banco Alimentar Contra a Fome da Cova da Beira agradece “à população que doou tantos alimentos e que continua a acreditar na luta contra a pobreza e contra a fome, aos voluntários, fantásticos na sua generosidade, partilha e alegria, às empresas que nos apoiaram, às autarquias que nos ajudaram nos transportes de alimentos, e à comunicação social, que divulga a nossa causa e ajuda a sensibilizar a população para este trabalho que tem de ser de todos: combater a fome.”

Agora que todos os alimentos foram pesados, registados e arrumados, “é hora de fazer o que importa: organizar os cabazes e começar a distribuição de alimentos”, refere Paulo Pinheiro, coordenador do Banco Alimentar Contra a Fome da Cova da Beira.

Recordar que desde o início da pandemia, o Banco Alimentar Contra a Fome da Cova da Beira distribuiu na região da Beira Interior cerca de 300 toneladas de alimentos, numa média de sete toneladas por mês, ajudando mais de quatro mil pessoas necessitadas

Comments are closed.