Covilhã exige postos da GNR equipados

Assembleia Municipal quer mais meios e infra-estruturas
0
429

Uma moção a exigir que os postos da GNR do concelho sejam “dotados dos meios humanos e infra-estruturas necessárias para o respectivo funcionamento” foi aprovada por unanimidade sexta-feira, 12, na Assembleia Municipal da Covilhã.

A moção foi apresentada por João Vasco Caldeira, do CDS, e teve o acolhimento das restantes bancadas.

O documento foi apresentado na sequência do encerramento temporário de postos de atendimento permanente no distrito, entretanto reabertos, nomeadamente os de Unhais da Serra e do Paul, no concelho da Covilhã.

Na proposta submetida a votação, o Governo é instado a “dotar todos os postos territoriais de meios humanos, infra-estruturas e equipamentos necessários ao seu funcionamento e ao exercício condigno das suas funções junto das populações do concelho”.

O PCP fez referência às carências existentes, por exemplo a falta de efectivos. O movimento independente De Novo Covilhã apelou para que se passem das palavras ao actos para valorizar os postos nesta zona do país e o PS mencionou as preocupações sobre o assunto e a iminente renovação das instalações da GNR em Unhais da Serra e no Paul.

Comments are closed.