Covilhã quer Intercidades para o Norte

Ligação ao eixo Aveiro-Porto-Braga
0
398

A Câmara da Covilhã pediu ao Governo a criação de um serviço Intercidades para o Norte, melhorias na Linha da Beira Baixa que reduzam em 35 minutos a viagem de comboio para Lisboa e a retoma das ligações internacionais a Madrid e França.

O presidente do município, Vítor Pereira, informou, na reunião pública do executivo de sexta-feira, 26, ter-se reunido em 03 de fevereiro com o ministro das Infra-Estruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, para lhe dar conta das propostas, que o governante considerou “razoáveis e realistas”, de acordo com o autarca covilhanense.

Vítor Pereira quer que seja criada uma ligação Intercidades da Covilhã até ao Norte do País, que permita o acesso ao eixo Aveiro- Porto-Braga, através da concordância entre a Linha da Beira Baixa e da Linha da Beira Alta, obra em fase de conclusão.

Em 19 de Janeiro o autarca esteve também reunido com o presidente da CP-Comboios de Portugal, que lhe transmitiu “estar previsto” abrir essa ligação ao Norte através do serviço Intercidades, “após a conclusão das obras da Linha da Beira Alta”. “De acordo com o calendário, é expectável que a partir de 2023 as obras estejam concluídas e o serviço em funcionamento”, acrescenta Vítor Pereira.

Com essa alternativa, a Covilhã passará a ter seis ligações diárias de Intercidades a Lisboa, as três directas já existentes e mais três através do acesso ao Norte, que permite também o percurso até à capital, realça o presidente da Câmara da Covilhã. Segundo Vítor Pereira, o presidente da CP “considera possível, exequível este serviço e está a estudar a sua operacionalidade”.

(Notícia completa na edição papel)

Comments are closed.