Covilhanense foi 40º em slalom gigante no Mundial

Ricardo Brancal satisfeito com resultado obtido
0
484

O covilhanense Ricardo Brancal, de 24 anos, mostra-se satisfeito com o 40.ª lugar obtido na final de slalom gigante durante os Mundiais de esqui alpino, em Cortina D`Ampezzo, Itália, competição em que foi 35.º classificado na prova de qualificação de slalom.

Ricardo Brancal foi escolhido pela Federação de Desportos de Inverno de Portugal (FDIP) para estar na final, em representação de Portugal, foi 58.º na primeira descida e melhorou na segunda manga, o que lhe permitiu terminar a prova em 40.º lugar, numa competição em que 54 atletas não cortaram a meta.  Ricardo Brancal fez um tempo de 3:15.32 nas duas mangas, mais 38,07 segundos que o vencedor, o francês Mathieu Faivre.

“Foi uma experiência muito boa e os resultados falam por si. Foi importante para mim e para a Federação obter o 40.º lugar. Foi o melhor resultado que obtive”, disse ao NC o esquiador, a viver desde Outubro em Itália, para onde se mudou “para conseguir treinar com condições que não é possível em Portugal”.

Com 140 pontos da Federação Internacional de Esqui no slalom gigante e 160 no slalom, mínimos para tentar estar nos Jogos Olímpicos de Pequim 2022, a prioridade do covilhanense é “ter o mínimo de pontos” para a competição na China e até lá perseguir a melhor pontuação e ser criterioso na escolha das provas.  Nos Mundiais, apesar da melhor classificação de sempre, Ricardo Brancal não conseguiu pontuar.

(Notícia completa na edição papel)

Comments are closed.