Creche reabre na Sertã após testes negativos à covid-19

Tinha sido encerrada no final de Julho após um resultado positivo
0
356

As valências da creche ‘O Pinheirinho’, na Sertã, reabriram hoje após os testes realizados aos funcionários e a 30 crianças para despiste à covid-19 terem dado resultado negativo, disse à Lusa o provedor da Santa Casa da Misericórdia.

“Reabrimos hoje a creche, o jardim de infância e o CATL – Centro de Actividades de Tempos Livres com cerca de 30 crianças nos três espaços, depois de ontem [terça-feira] serem conhecidos os resultados dos testes das crianças à covid-19 e que deram todos negativo”, disse Tavares Fernandes, tendo feito notar que foi com “alívio e muita satisfação” que recebeu os resultados das dezenas de funcionários e das 30 crianças.

A creche “O Pinheirinho”, na Sertã, foi encerrada no dia 29 de Julho, após uma criança de três anos ter testado positivo à covid-19, sendo que, além da creche, a ordem de encerramento abrangeu o jardim de infância e o CATL – Centro de Actividades de Tempos Livres, que acolhiam na ocasião um total de “cerca de 130 crianças”, adiantou o provedor, referindo que trabalham nestas três valências 37 colaboradores da Santa Casa da Misericórdia da Sertã. Os funcionários que estiveram de serviço na creche foram os primeiros a ser submetidos a testes à covid-19 e deram todos negativo, já havia dado conta à Lusa em 5 de Agosto o provedor da Santa Casa da Misericórdia. “Os 37 funcionários estiveram todos em quarentena e os resultados dos testes foram todos negativos, à excepção de uma educadora que também foi fazer o teste, mas que não está relacionada com este caso, uma vez que estava de férias”, disse Tavares Fernandes.

As crianças com contactos mais próximos da infectada eram cerca de 30, repartidas por duas salas, mas que faziam o dormitório em conjunto, tendo realizado os testes na terça-feira. “As 30 crianças da creche ‘O Pinheirinho’ da Sertã fizeram na terça-feira os testes de despiste à covid-19 e todos deram resultado negativo”, deu conta o provedor.

Depois dos testes negativos aos funcionários e agora às crianças, “o susto passou e a creche reabriu” hoje, avançou Tavares Fernandes, sublinhando que os resultados negativos aos colaboradores e crianças da instituição “serenaram as preocupações” de dirigentes, comunidade e entidades públicas de saúde, e permitiram “gerar um clima de maior confiança”.

Segundo o provedor da Misericórdia, a creche ‘O Pinheirinho’, actualmente “a funcionar a meio gás por ser tempo de férias”, reabre na plenitude em 1 de Setembro, com mais de 200 crianças inscritas para os serviços de creche, jardim de infância e Centro de Actividades de Tempos Livres.

 

Comments are closed.