Detidos suspeitos de disparos em Outubro na Covilhã

Os crimes terão sido cometidos num contexto de conflitualidade existente entre duas famílias, por motivo da disputa de territórios exclusivos para o exercício da atividade de entrega de refeições, informou a PJ.
0
524

Três homens, entre os 21 e os 50 anos, foram detidos por estarem “fortemente indiciados” pelos crimes de homicídio tentado com recurso a armas de fogo em Outubro na Covilhã, informou hoje a Polícia Judiciária.

As detenções ocorreram na sequência de seis buscas domiciliárias e seis não domiciliárias, numa operação a que foi dado o nome “Covilhã Eats”.

“Tais crimes terão sido cometidos num contexto de conflitualidade existente entre duas famílias, por motivo da disputa de territórios exclusivos para o exercício da atividade de entrega de refeições e ‘take-away'”, na cidade, acrescenta a PJ, em comunicado enviado ao NC.

Os suspeitos, detidos na operação levada a cabo pelo Departamento de Investigação Criminal da Guarda, serão presentes a tribunal para interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação.

No planeamento e execução da operação, a Polícia Judiciária da Guarda “contou com a colaboração operacional de vários elementos do comando da GNR de Castelo Branco e da Covilhã, assim como da PSP” da cidade.

Em Outubro foram disparados tiros de uma viatura nas imediações do Serra Shopping, na zona baixa da cidade, tendo depois havido registo de alterações da ordem pública na zona da Senhora do Carmo.

Comments are closed.