Diocese foi a Roma receber símbolos da JMJ

Sandra Soares, representante da Diocese, na comitiva de 35 participantes
0
435

A Diocese da Guarda fez-se representar no passado fim-de-semana, em Roma, para receber das mãos do Papa Francisco os símbolos que acompanham a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que se realizará em 2023 em Lisboa.

Entre a reduzida comitiva de 35 participantes, por causa da pandemia, estava a representante da Diocese, Sandra Soares, que tem vindo a fazer a ligação entre a Diocese e o Comité Organizador Local.

Do programa que se iniciou na sexta-feira, 20 e terminou no domingo 22, Solenidade de Cristo Rei, para a Igreja Católica, constaram diversos momentos de celebração e formação, entre eles com o Cardeal José Tolentino Mendonça, na manhã de sábado.

A peregrinação dos representantes portugueses terminou com a participação na eucaristia em que o Papa Francisco entregou simbolicamente os símbolos da JMJ a Portugal deixando o apelo a que os jovens “saiam do sofá” e sejam protagonistas da fraternidade mundial.

A Cruz, de 3, 80m de altura, e o ícone da Virgem “Sallus Popullum” foram entregues pelo Papa João Paulo II aos jovens no ano de 1984 e já percorreram mais de 80 nações. As Dioceses portuguesas estão a planificar também a forma como estes símbolos percorrerão o País até ao evento que em 2023 reunirá jovens do mundo inteiro em Lisboa.

Comments are closed.