Distrital arranca a 18 de Setembro

Prova conta com 11 equipas, depois da desistência da UD Belmonte. Presidente da AFCB, Manuel Candeias, pede medidas de discriminação positiva para o Interior no que toca à certificação de clubes
0
332

O dérby do Pinhal entre Proença-a-Nova e Vila Velha de Ródão é, talvez, o jogo que se adivinha mais equilibrado, a par de um Moradal/Académico do Fundão, na primeira jornada do distrital de futebol de onze sénior masculino, que arranca a 18 de Setembro.

O sorteio, efectuado na passada semana, contou apenas com 11 equipas (o mesmo número do ano passado) face à desistência do Belmonte, o que provocou no presidente da Associação de Futebol de Castelo Branco (AFCB), Manuel Candeias, um sentimento “agridoce”, já que acredita que este ano haverá mais candidatos ao título, mas o número de equipas não subiu.

“Espero que o campeonato e a taça sejam muito competitivas, seja uma época muito positiva, apesar de ter um sentimento agridoce, isto é, vamos ter equipas boas, com qualidade, mais candidatos ao título, quatro pelo menos, mas, infelizmente, mantemos os mesmos 11 clubes” frisa o líder directivo, que pede à Federação Portuguesa de Futebol medidas “diferenciadoras” para o futebol no Interior. “Falo das certificações obrigatórias para os clubes poderem participar nas provas nacionais, só com duas estrelas, e não, obrigatoriamente, passar a ter três. Acredito, no entanto, que pode haver alterações para a próxima época, até porque tenho feito chegar propostas nesse sentido à direcção da FPF, porque acho que é uma grande injustiça que não se faça, e porque também há colegas meus de outras associações que pensam o mesmo que eu” frisa à RCB.

Candeias recorda que foi por causa disso que o Águias de Moradal, campeão distrital 2021-22, não pode subir ao Campeonato de Portugal, e o Oleiros desceu dos nacionais para o distrital, onde nem sequer vai participar, tendo suspendido toda a actividade. Já o Belmonte, alegando a falta de apoios financeiros, também não entra este ano. “Espero que volta para a próxima temporada. Eu entendo que é fundamental os clubes terem formação, mas manter as duas estrelas para poder subir de divisão, seria bom, uma vez que o Interior do país tem menos gente e menos jovens e crianças, que o Litoral.”

Este ano, o distrital é patrocinado pela empresa Comtesse Lisbonne, pelo que passa a ter essa designação.

A maioria das equipas já está a treinar, e realizar jogos de preparação, para o arranque do distrital que, na primeiro ronda, além dos jogos já citados, terá embates entre o Idanhense e Cabeçudo, Pedrógão e Silvares, e Sernache contra a Boidobra. Folga nesta primeira jornada a Atalaia do Campo.

Quanto a candidatos, numa primeira linha surgem, desde logo, os despromovidos do Campeonato de Portugal, Sernache e Idanhense, o campeão Moradal e o muito reforçado Pedrógão.

Na Taça de Honra, cujo a primeira eliminatória será a 5 de Março, salta à vista o dérby raiano entre Idanhense e Pedrógão. Nas restantes partidas, o Sernache recebe a Boidobra, o Cabeçudo recebe o Rodão, a Atalaia desloca-se ao Estreito para defrontar o Moradal e o Proença vai a Silvares, com o Académico do Fundão a ficar isento.

Comments are closed.