Erro infantil abre caminho à derrota em Chaves

Covilhã perde por 2-0
0
221

Um penálti tão bem assinalado quanto escusado abriu no passado domingo, em Chaves, caminho à vitória dos flavienses sobre o Sporting da Covilhã, por 2-0, em jogo da jornada 28 da Segunda Liga, onde os serranos são agora 12º, com 31 pontos, cinco acima da primeira equipa na linha de água, a Oliveirense, que perdeu em Arouca.

Corria o minuto 50 quando o médio criativo dos serranos, Bernardo Martins, na ânsia de aliviar uma bola da sua área, foi “com tudo” sobre Roberto e acertou em cheio no pé do avançado flaviense, depois de Tiago Moreira, num primeiro momento, ter aguentado bem uma investida na área de Juninho, um autêntico “quebra-cabeças” para os serranos na segunda parte. Na transformação da grande penalidade, o experiente Roberto, aos 52 minutos, fez o primeiro dos flavienses.

Este acabou por ser o abrir do caminho de uma justa vitória do Chaves, que foi sempre a equipa que mais procurou o golo, embora no primeiro tempo oi Covilhã fosse sempre uma equipa muito bem organizada, que raramente passou por momentos difíceis. Apenas aos quatro minutos, Benni obrigou Léo Navacchio a defesa mais apertada para canto, nuns primeiros 15 minutos de domínio flaviense, que se foram esfumando ao longo da primeira parte, com o Covilhã a dividir o jogo na última meia-hora, mas sem grandes jogadas de perigo para a baliza contrária. Ao intervalo, o nulo justificava a boa estratégia dos serranos para travar um dos candidatos à subida, em ascensão nas últimas jornadas.

Até que, na segunda parte, surgiu o erro infantil de Bernardo Martins, que os flavienses aproveitaram para se colocarem em vantagem. Que seria aumentada cerca de dez minutos depois, na conclusão perfeita de um contra-ataque. Canto a favor do Covilhã, bola aliviada para fora da área onde Juninho a recebe e transporta até á entrada da área covilhanense, onde assiste o lateral João Correia, que sozinho na cara do guardião serrano atira a contar.

Comments are closed.