Este “Leão” é da Serra, mas também acredita até final

Serranos salvam ponto no último minuto frente ao Vilafranquense
0
313

Acreditar até ao fim pode dar pontos. Este Sporting (que não o de Lisboa) também nunca desiste e na segunda-feira, foi essa crença que lhe deu um saboroso ponto, na 23ª jornada da II Liga, na deslocação a Rio Maior, para defrontar o Vilafranquense. Os serranos estiveram duas vezes a perder, jogaram grande parte do jogo com menos um homem, mas empataram 2-2, com o golo que deu um ponto a surgir no último segundo dos quatro minutos de compensação dados pelo árbitro.

A primeira parte foi muito mexida, com maior ascendente do Covilhã, que controlou o jogo. Mas o Vilafranquense marcou primeiro, aos oito minutos, por Kady. Dois minutos depois, o Covilhã desperdiçou um penálti, por Gilberto, mas aos 15 empatou por Gleison.

A segunda parte foi bem diferente, depois dos serranos ficarem reduzidos a dez unidades, por expulsão “infantil” de Bernardo Martins. Disso se aproveitou o Vilafranquense para “crescer” na partida, marcando o 2-1 por André Claro, no minuto 75. Valeu a crença aos serranos que, no último segundo, empataram, por Léo Cá.

Um ponto que sabe a vitória para os serranos, que acreditaram até ao fim, e que os deixa no 12º lugar, ainda com uma margem minimamente confortável em relação às equipas que estão abaixo da linha de água.

Comments are closed.