GNR detém jovem suspeito de atear fogo no concelho da Covilhã

Jovem de 19 anos é hoje apresentado em tribunal
0
539

A GNR deteve ontem um jovem de 19 anos, suspeito de ter ateado um fogo, com recurso a um isqueiro, no concelho da Covilhã.

Em comunicado, o Comando Territorial da GNR de Castelo Branco explica que a detenção foi realizada através do Posto Territorial de Teixoso (Covilhã).

“No seguimento de um alerta a dar conta de um foco de incêndio numa zona de mato confinante a uma área residencial, os militares da Guarda deslocaram-se de imediato para o local, tendo identificado o presumível autor do crime e apreendido o isqueiro utilizado, culminando na sua detenção”, especifica.
De acordo com a informação, o detido foi constituído arguido e permanece nas instalações da GNR, até ser presente a tribunal, o que está previsto para hoje, terça-feira.

Na sequência das diligências policiais foi contactada a Polícia Judiciária (PJ).

Esta ação contou com o reforço de militares do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da Covilhã e do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) da Covilhã e da estrutura de Investigação Criminal de Castelo Branco e com o apoio dos Bombeiros Voluntários e dos Sapadores Florestais da Covilhã.

O comunicado refere ainda que a GNR já efectuou 60 detenções por incêndio florestal no presente ano de 2022, mais oito que em todo o ano de 2021 (52 detenções).

 

Comments are closed.

Mais Notícias