Ice Arena inicia aulas das academias de hóquei no gelo e patinagem artística

Ensino das modalidades, que também vai incluir o curling, destina-se a adultos e crianças, a pessoas com ou sem experiência, e as aulas começam sábado e domingo
0
251

A partir do próximo fim-de-semana inicia-se a actividade da Academia de Hóquei no Gelo e da Academia de Patinagem Artística na Pista de Gelo das Penhas da Saúde, que passará semanalmente a ter também uma noite dedicada ao ensino do curling, com o objectivo de “desenvolver as modalidades no gelo”, disse o presidente da Federação de Desportos de Inverno de Portugal (FDIP), Pedro Farromba, ao NC.

“Estamos num processo de iniciação às modalidades. A ideia é iniciar as pessoas nas modalidades, porque não existe um histórico e estamos a começar do zero”, acrescentou o dirigente federativo, responsável pela Ice Arena.

As aulas dirigem-se a pessoas “com ou sem experiência”, inclusive para quem não sabe patinar no gelo e quer aprender.

O horário do hóquei para adultos é aos sábados, entre as 10:00 e as 12:00, enquanto para as crianças as aulas estão marcadas para os domingos, entre as 11: e as 12:30. Jim Aldred, antigo jogador profissional e treinador, actualmente seleccionador nacional, é o responsável pelo ensino.

As aulas de patinagem artística decorrem aos domingos, entre as 10:00 e as 11:00, ministradas por Carla Almeida, professora de patinagem em rodas, e por Sofia Lamey, que integrou a equipa júnior americana de patinagem no gelo.

A participação implica o pagamento mensal de 35 euros, que inclui o equipamento, uma aula semanal e a possibilidade de utilizar a pista em treinos livres durante 30 minutos.

Segundo Pedro Farromba, estão inscritas para já cerca de 30 pessoas, mas antecipa ser previsível que “apareça mais gente quando os treinos começarem”.

“Para já começamos assim, com estes horários, para vermos depois o grau de adaptação de cada uma das pessoas às modalidades. Esperamos ainda em Janeiro fazer um mini-torneio torneio de hóquei de 4 para 4, com algumas equipas”, adianta o presidente da FDIP.

O responsável informa que vai ser também iniciado um processo de formação de juízes para a patinagem, de árbitros para o hóquei em patins e a certificação da formação de treinadores em ambas as modalidades.

“Objectivo é pormos a patinar o maior número de pessoas”

Neste momento o objectivo é pôr as pessoas em contacto com estas disciplinas no gelo, para as incentivar para a prática das modalidades, para criar uma base e, na próxima época desportiva, começar um trabalho mais sustentado, com a realização de torneios, a possibilidade de haver competição e a promoção de campos com a presença de formadores internacionais.

“No final desta época, o objectivo é pormos a patinar o maior número de pessoas possível e realizarmos um torneio internacional de hóquei na pista de gelo”, salienta Pedro Farromba.

(Notícia completa na edição papel desta semana)

Comments are closed.