Indústria efectua a rejeição de águas residuais na Ribeira do Corges Pequeno

Água da Ribeira do Corges Pequeno, afluente do Rio Zêzere, apresentava uma tonalidade leitosa e espuma branca à superfície
0
160

O Comando Territorial de Castelo Branco, através do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) da Covilhã, detetou uma rejeição de águas residuais não licenciada para uma linha de água, no concelho da Covilhã. No decorrer de uma acção de patrulhamento, os elementos do NPA verificaram que a água da Ribeira do Corges Pequeno, afluente do Rio Zêzere, apresentava uma tonalidade leitosa e espuma branca à superfície.

No decorrer das diligências policiais constataram que a descarga era proveniente de uma indústria, que efectuava a rejeição de águas residuais para a linha de água, sem o necessário título de utilização dos recursos hídricos do domínio público.

Na sequência desta acção foi elaborado um auto de contraordenação, que foi remetido para a Inspeção-Geral da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território (IGAMAOT), punível com uma coima que pode ascender aos 144 mil euros.

A Guarda Nacional Republicana, consciente da importância dos recursos hídricos na qualidade de vida das populações, encontra-se fortemente empenhada no sentido de sensibilizar e zelar pelo cumprimento das disposições legais e regulamentares referentes à conservação e protecção da natureza e do ambiente. A Linha SOS Ambiente e Território (808 200 520) com um funcionamento permanente, constituiu-se como uma ferramenta de sucesso ao serviço do cidadão, quer na denúncia das infracções ambientais ou no esclarecimento de dúvidas ambientais.

Comments are closed.