Luís Correia deixa a Câmara de Castelo Branco

Na próxima segunda-feira, 27, após perder o mandato
0
364

O presidente da Câmara de Castelo Branco, Luís Correia, está de saída do cargo, depois de ter visto confirmada a perda de mandato por parte do Tribunal Constitucional.

Em comunicado, o ainda autarca albicastrense anunciou ontem que, perante a decisão de perda de mandato pelo Tribunal Constitucional, vai deixar a autarquia no dia 27 (segunda-feira), de “consciência tranquila”.

“Perante a decisão de perda de mandato do Tribunal Constitucional, deixo a Câmara Municipal de Castelo Branco no próximo dia 27 de Julho de 2020. Faço-o de consciência tranquila. Ver um erro administrativo punido como se de um crime grave ou gravoso se tivesse tratado é lamentável e injusto. Reafirmo que nunca, em qualquer momento, prejudiquei Castelo Branco, a autarquia ou os albicastrenses”, afirma o autarca, em comunicado.

O Tribunal Constitucional (TC) confirmou a perda de mandato do presidente da Câmara de Castelo Branco, Luís Correia, e a decisão torna-se definitiva a partir do dia 30, disse à agência Lusa o advogado do autarca. Artur Marques adiantou que a decisão do TC foi tomada no dia 14 e que recebeu a notificação da perda de mandato de Luís Correia no dia 17.

Comments are closed.