Maior produtor de vinhos da Beira Interior com 90 % de quebra nas vendas

Quinta dos Termos explora 150 hectares de vinha na região e, desde que os 800 restaurantes com que a empresa trabalha fecharam, a maioria dos trabalhadores está em lay-off parcial
0
1208

A Quinta dos Termos é a maior produtora de vinhos da região e, com o encerramento de cafés e restaurantes, devido à pandemia provocada pela covid-19, viu as vendas sofrer uma quebra na ordem dos 90 %, diz, ao NC, o proprietário, João Carvalho.

A empresa trabalha com cerca de 800 restaurantes em Portugal e, a partir do momento em que fecharam portas, a queda “foi drástica”.

Entre vinhas próprias e outras por que é responsável, a Quinta dos Termos tem cerca de 150 hectares de vinha na Beira Interior e mais 20 no Douro.

 Num total de cerca de 30 trabalhadores no grupo, apenas o trabalho no campo decorre normalmente. “Não posso deixar morrer as videiras. Há aqui um custo fixo, mas não há receitas a entrar”, lamenta o empresário.

Os vendedores, “uma dúzia”, estão em casa, em lay-off, e só trabalham um dia por semana, para entregarem algumas encomendas a particulares “e pouco mais do que isso”.

“Na adega propriamente dita tenho apenas uma pessoa a trabalhar a tempo inteiro, que é a recepcionista e telefonista. Tudo o resto está a trabalhar um dia por semana e, se calhar, até bastava trabalharem uma hora ou duas”, conta João Carvalho, que faz um retrato das consequências do novo coronavírus no sector.

A Quinta dos Termos, com sede em Carvalhal Formoso, concelho de Belmonte, trabalha também com supermercados, mas esse é “um mercado residual”, no qual não registou qualquer aumento nas vendas. Acresce que os vinhos vendidos nessas superfícies são, normalmente de qualidade inferior.

“Não são os supermercados que consomem as grandes quantidades de vinhos”, informa João Carvalho, segundo o qual, para a Quinta dos Termos, a restauração representa “mais de 80 % dos clientes”. “A quebra nas vendas é superior a 90% neste último mês e meio”, acrescenta.

Comments are closed.