Marcelo decreta estado de emergência

0
540

O estado de emergência, declarado ontem pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, para conter a pandemia de Covid-19, entrou em vigor às 00:00 de hoje, quinta-feira e prolonga-se até às 23:59 de 2 de Abril, segundo o decreto publicado em Diário da República.

O estado de emergência foi proposto pelo Presidente da República, teve o parecer favorável do Governo e foi aprovado pelo parlamento.

O decreto permite medidas excepcionais como o confinamento obrigatório compulsivo dos cidadãos em casa e restrições à circulação na via pública, a não ser que seja justificada, entre outras.

Portugal regista dois mortos em 642 casos de infeção pelo novo coronavírus, de acordo com o boletim de hoje da Direcção-Geral da Saúde referente aos efeitos da pandemia no País.

A nível global, o coronavírus responsável pela pandemia da Covid-19 infetou mais de 210 mil pessoas, das quais mais de 8.750 morreram.

Comments are closed.

Mais Notícias