Município atribui à Transdev concessão do Sistema de Mobilidade

Contrato tem a duração de dez anos e o valor de 9,2 milhões de euros
0
252

A Transdev é a empresa vencedora do concurso de concessão do Sistema de Mobilidade do concelho. O presidente do município, Vítor Pereira, anunciou a escolha do júri durante a reunião pública de sexta-feira, 18, a decisão foi aprovada na sessão extraordinária de segunda-feira, 21, e vai ser ratificada na Assembleia Municipal da próxima sexta-feira, 25.

Os dois vereadores da oposição, Carlos Pinto, do Movimento de Novo Covilhã, e o eleito do CDS, Adolfo Mesquita Nunes, presentes na reunião, realizada à porta fechada, por videoconferência, abstiveram-se, de acordo com Vítor Pereira.

O presidente da autarquia informou na sexta-feira ter assinado “o despacho de adjudicação reportado ao relatório final do concurso do sistema de mobilidade da Covilhã”, a que se apresentaram oito candidatos. No mesmo dia, a Câmara da Covilhã aprovou o prolongamento, no valor de 725 mil euros, por mais seis meses, ou até a nova concessão entrar em vigor, da aquisição de serviços de transporte urbano de passageiros, e os dois vereadores da oposição questionaram a maioria socialista sobre o montante despendido até ao momento com estes “contratos parcelares”.

A adjudicação é feita por dez anos. De acordo com Vítor Pereira, o valor global é de nove milhões 170 mil euros, pagando o município nos primeiros dois anos 1,52 milhões de euros e 950 mil nos restantes oito.

Em Fevereiro, Serra dos Reis, presidente em exercício, informou que o prazo para a entrega de propostas terminou em 29 de Janeiro e se apresentaram oito interessados.

Em Novembro último, a Câmara da Covilhã aprovou por maioria o alargamento do prazo para o concurso de concessão do Sistema de Mobilidade do concelho e aumentar o valor base, de oito milhões para 9,2 milhões de euros por dez anos de contrato, 1,2 milhões acima do inicialmente previsto.

 

Notícias completa na edição impressa do NC.

Comments are closed.