Na Cova da Beira 40% da população vacinada com a primeira dose

Pessoas na faixa dos 50 anos começaram a ser inoculadas contra o novo coronavírus
0
308

Até ao final da semana passada estavam vacinadas com as duas doses contra a covid-19, na Cova da Beira, 11075 pessoas, correspondentes e 14% da população, e a 40% já tinha sido administrada pelo menos uma dose, o equivalente a 42591 cidadãos.

Na última semana, na Cova da Beira, foram vacinadas até quinta-feira 5.500 pessoas. Os dados foram avançados pelo diretor executivo do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) da Cova da Beira, Manuel Geraldes, na tarde de sexta-feira, durante a visita aos centros de vacinação do Fundão e da Covilhã, do secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, da secretária de Estado para a Integração e as Migrações, Cláudia Pereira, e do secretário de Estado do Desporto e da Juventude e coordenador do combate à pandemia na região centro, João Paulo Rebelo.

Tendo em conta a população existente em cada um dos três concelhos, “o ritmo tem sido ligeiramente diferente em cada um deles” e Belmonte “está um pouco adiantado em relação à vacinação”, por ter um número reduzido de população, “atingiu o número mais elevado de vacinados mais rapidamente”.

Na Covilhã “está dentro daquilo que nós consideramos o ritmo normal”, sublinhou o director do ACES Cova da Beira.

Embora a nível nacional só esta semana estivesse previsto o início da vacinação da faixa acima etária acima dos 50 anos, na Cova da Beira ela já começou a ser ministrada na semana passada a pessoas com menos de 60 anos.

Manuel Geraldes afirma que o plano de vacinação na Covilhã, Fundão e Belmonte está “a dar resposta e inclusivamente a superar as expectativas”.

“Estou muito satisfeito com o ritmo da vacinação, com a adesão dos profissionais de saúde, com a articulação que temos tido com as autarquias, com os bombeiros, a articulação com as forças de segurança”, reforçou o director do ACES. “Temos de estar satisfeitos com o trabalho que estamos a desenvolver”, acrescentou.

(Notícia completa na edição papel)

Comments are closed.