Parceria entre estudantes e artista cria escultura “louva-a-deus”

Obra estará exposta por tempo indeterminado no Restaurante Paço 100 Pressa e está aberta a quem a quiser visitar
0
644

Uma parceria entre o artista covilhanense Pedro Leitão, estudantes do Conservatório de Música e o Restaurante Paço 100 Pressa resultou na escultura “louva-a-deus”, que ficará exposta no restaurante. A obra é totalmente feita com material reciclado, que iria para o lixo, e foi concebida pelo artista e pelos alunos da escola. “É fundamental incutirmos nas crianças o gosto pela defesa do planeta”, explicou Pedro Leitão.

A escultura surgiu depois de um desafio feito pelo empresário João Paulo Fazenda e o artista Pedro Leitão. A ideia seria fazer uma escultura que representasse a ideia de contemplação, valorização do meio ambiente e da vida sem pressa. “Cada vez mais as pessoas procuram experiência e não apenas comida e alojamento. A ideia é que as pessoas tenham uma experiência, pontos de interesse, coisas que façam sentido para eles. Desfrutar do espaço”, disse o empresário.

A obra foi entregue formalmente na semana passada, com a participação do empresário, do artista e de estudantes do 6º ano do Conservatório de Música. A “louva-a-deus” ficará exposta no restaurante e aberta a clientes e ao público em geral. O artista exaltou a participação das crianças no projecto. “O Conservatório tinha um projecto de reciclagem de lixo e surgiu a ideia de trabalhar em alguma peça que seria minha e deles”, concluiu Pedro Leitão.

Comments are closed.