Pastel de Molho da Covilhã já é marca registada

Confraria frisa que reconhecimento deverá contribuir para preservar e promover produto gastronómico típico da cidade
0
818

O Pastel de Molho da Covilhã já está registado como marca nacional colectiva, anunciou na passada quarta-feira, 1, a Confraria, sublinhando que o reconhecimento deverá contribuir para preservar e promover aquele produto gastronómico típico do concelho.

O registo foi realizado pela Confraria da Pastinaca e do Pastel de Molho no Instituto Nacional de Propriedade Industrial, ficando aquela confraria responsável pela gestão da marca.

O Pastel de Molho da Covilhã é um produto gastronómico feito à base de massa folhada, recheado com carne, que é servido com chá ou molho de açafrão, e que ficou muito associado aos hábitos alimentares da classe operária das fábricas que marcam a história do concelho. “A marca nacional colectiva Pastel de Molho da Covilhã implica qualidade, segurança e confiabilidade do produto, mas também mais valor agregado ao produto e ao território da sua origem”, aponta Paulo Carvalho, presidente daquela entidade que comemorou 12 anos de existência.

Em conferência de imprensa, aquele responsável explicou que o registo da marca surge depois de ter sido criado, em 2021, um certificado de qualidade do Pastel de Molho, que conta com cerca de dez estabelecimentos aderentes. A marca agora criada poderá ser cedida a todos os confrades e aos confrades empresas, que se queiram associar à confraria, sendo que o grande objectivo passa por “defender e valorizar” aquele produto. A utilização da marca implica que sejam seguidas regras e normas ao nível da confecção e no modo de serviço, uma certificação que defenderá a qualidade do produto e também permitirá ao consumidor saber que está perante o “verdadeiro” Pastel de Molho da Covilhã.

(Notícia completa na edição papel)

Comments are closed.