Paulo Fernandes quer novo mapa dos territórios de baixa densidade

0
399

O presidente da Câmara do Fundão, Paulo Fernandes, propôs no passado domingo, em Aveiro, durante o XXV Congresso da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), a criação de uma unidade dentro desta associação para reavaliar o mapa dos territórios de baixa densidade, criado há 10 anos.

“Passou uma década e era fundamental fazer uma atualização desse trabalho, tendo em vista os 14 múltiplos critérios que na altura estiveram na base para criar o índice numérico da classificação dos municípios de baixa densidade”, disse Paulo Fernandes. O autarca exortou o novo Conselho Directivo a criar uma unidade ou uma estrutura de missão “que possa obviamente actualizar o mapa [e o documento] possa, nos próximos seis/sete meses, ser avaliado”.

Salientando que há 10 anos o mapa dos territórios de baixa densidade foi efectuado pelos municípios, num processo coordenado por si, Paulo Fernandes referiu que os “municípios não podem de maneira nenhuma ser figuras menos proactivas naquilo que são as políticas territoriais do País”. “Por isso, não ficarmos passivos à espera que seja uma proposta que venha das estruturas governativas, devem ser novamente os municípios a tomar essa iniciativa e a apresentarem essa questão, que é absolutamente vital para o País”, referiu.

(Notícia completa na edição papel)

Comments are closed.