Penamacor assina protocolo para Centro de Estudos Transfronteiriços

Objectivo é desenvolver o conhecimento e estudo das realidades culturais, numa perspetiva histórica, sociológica e antropológica das regiões
0
174

A Câmara de Penamacor e o Instituto de Investigações Antropológicas de Castilha e Leon de Salamanca assinaram um protocolo de colaboração, que constitui um passo para a criação do Centro de Estudo Transfronteiriços.

Em nota de imprensa, a Câmara de Penamacor esclarece que este protocolo tem como objectivos fortalecer os vínculos de colaboração tendentes ao desenvolvimento do conhecimento, estudo e divulgação das realidades culturais, numa perspetiva histórica, sociológica e antropológica da região de Castilha e Leon e da Beira Interior (especificamente a área de influência do Concelho de Penamacor).

“Um dos projectos a ser implementados será o do Centro de Estudos Transfronteiriços, ideia que nasceu no II Colóquio de Arqueologia e História do Concelho de Penamacor, que teve lugar no final de 2019”, é referido.

O acordo também pretende ajudar a “intensificar as investigações e os levantamentos levados a cabo por este município no que diz respeito à valorização do Madeiro enquanto item de identidade cultural deste território”.

Texto completo na edição papel do NC.

Comments are closed.