Plataforma acusa ministra de discurso ambíguo sobre as portagens

Em causa declarações de Ana Abrunhosa sobre A23 e A25
0
231

A Plataforma P’la Reposição das SCUT A23 e A25 acusou na passada semana a ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, de ter um discurso ambíguo sobre as portagens.

Em comunicado, a Plataforma refere que “não pode deixar passar em branco” afirmações da ministra quando questionada publicamente sobre as portagens nas antigas SCUT (vias sem custos para o utilizador). Segundo a nota, Ana Abrunhosa, por um lado, afirma que só estará satisfeita quando não houver portagens nas ex-SCUT e, por outro lado, coloca-se na pele de responsável das Finanças e afirma que têm de ser reduções orçamentalmente sustentáveis. “Esta ambiguidade de intervenções preocupa os membros da Plataforma P’la Reposição das SCUT A23 e A25, relembrando que se trata afinal de repor a justiça após 10 anos de penalização sobre o tecido económico-social da Beira Interior, justiça que a pandemia veio reforçar, dado o agravamento da situação económica e social do Interior”, sustenta. Para esta plataforma, não é admissível invocar limitações orçamentais “quando o próprio ministro das Finanças admitiu ser possível acomodar esta redução de receita no Orçamento, afirmação justificada também pelos dados orçamentais recentes”.

(Notícia completa na edição papel)

Comments are closed.