Plataforma Logística vai ser ampliada

0
525

A Câmara Municipal da Guarda vai iniciar este ano os procedimentos com vista à ampliação da Plataforma Logística de Iniciativa Empresarial (PLIE) em mais 41 lotes de terreno.

Segundo o presidente da autarquia, Carlos Chaves Monteiro, o município que lidera decidiu proceder à ampliação daquele complexo empresarial por atualmente apenas estarem disponíveis cerca de cinco lotes de terreno para acolhimento de novas empresas. “Nós temos à volta de cinco lotes disponíveis para poder instalar novas empresas na Plataforma Logística. Os restantes lotes ou estão [com equipamentos empresariais] construídos, têm escritura pública de compra e venda ou contrato promessa [de compra e venda]”, disse o autarca aos jornalistas no final da reunião quinzenal do executivo, no passado dia 10. Ainda de acordo com Carlos Chaves Monteiro, “mais de metade da PLIE tem projectos empresariais a decorrer”.

Para fazer face à falta de lotes de terreno, a autarquia vai iniciar este ano o processo de ampliação do complexo empresarial para disponibilizar mais 41 lotes aos investidores. “Temos já o espaço disponível, o espaço está licenciado”, disse o responsável, indicando que a fase de expansão, que está contemplada na área da Plataforma Logística, incluirá a construção de infra-estruturas rodoviárias, passeios, de electricidade e telecomunicações. O autarca assume que o investimento terá “um custo elevado”, daí que o município vá recorrer a uma via de financiamento comunitário.

Comments are closed.