Postos da GNR reabrem

No Paul e Unhais da Serra
0
276

Os postos da GNR de Paul e Unhais da Serra reabriram na segunda-feira, 22, ao público, depois de, na semana passada, terem sido anunciados com dez dos que, a nível distrital, iam encerrar temporariamente de modo a alocar parte do seu efectivo para o controlo de fronteiras.

Em comunicado, a Câmara da Covilhã salienta que, “após diligências realizadas no sentido de obter esclarecimentos e soluções por parte do Ministério da Administração Interna, o presidente da Câmara, Vítor Pereira, foi informado pelo Ministro Eduardo Cabrita da reabertura já no dia 22 dos postos encerrados temporariamente no concelho da Covilhã.” Uma notícia que, citado no comunicado, o autarca recebeu com satisfação, “após manifestarmos a nossa forte preocupação por esta situação tão injusta para as freguesias do Paul e de Unhais da Serra”. Para o autarca, “fica assim reposta a normalidade no funcionamento destes postos da GNR, tão importantes para a segurança e protecção das populações do Couto Mineiro e do sul do concelho da Covilhã”.

Recorde-se que a GNR tinha anunciado o fecho temporário de dez postos de atendimento reduzido no distrito devido à situação “excepcional que o País atravessa”, que permitia alocar para outros serviços, como o controlo de fronteiras, parte do efectivo. “A suspensão temporária da actividade de alguns postos territoriais, os quais já funcionavam em Regime de Atendimento Reduzido, teve como pressuposto as circunstâncias particulares e excepcionais que o País atravessa, em especial a reposição do controlo de fronteiras terrestres, tarefa essa com forte empenhamento da Guarda Nacional Republicana”, explicava a GNR.

Outros sete postos reabrem em Março

Na área do Comando Territorial de Castelo Branco tinha sido temporariamente suspensa a actividade nos postos Territoriais de Mata, Cebolais de Cima e Malpica do Tejo (Castelo Branco); Unhais da Serra e Paul (Covilhã), Soalheira (Fundão), Monsanto, Ladoeiro e Rosmaninhal (Idanha-a-Nova) e Cernache do Bonjardim (Sertã). Uma medida que, segundo a GNR, permitia a transferência temporária de 43 militares para os Postos Sede de Agrupamento, prometendo que a medida “apenas vigorará enquanto se afigurar absolutamente necessário, retomando à situação de normalidade logo que possível”.

Certo é que na sexta-feira, 19, a GNR do distrito anunciou a reabertura dos postos de atendimento reduzido no distrito, sendo que, já na segunda-feira, além de Paul e Unhais reabria também o posto de Cernache do Bonjardim, na zona do Pinhal (Sertã).

Para o dia 1 de Março (próxima segunda-feira) estava agendada a reabertura dos postos territoriais de Monsanto (Idanha), Malpica do Tejo e Mata (Castelo Branco). Para dia 8, reabertura dos postos de Soalheira (Fundão), Ladoeiro e Rosmaninhal (Idanha) e Cebolais de Cima (Castelo Branco).

Segundo a GNR, uma medida motivada tendo em consideração “o gradual decréscimo de casos covid e o constante empenho da GNR num rápido regresso à normalidade”.

Comments are closed.

Mais Notícias