PSP desencadeia operação “especial” em dois bairros de Castelo Branco

Operação decorreu na última madrugada
0
125

A PSP de Castelo Branco apreendeu esta madrugada uma arma de fogo longo (vulgo caçadeira) calibre 12, bem como uma pistola 6.35 mm (não manifestada, nem registada), com dois carregadores e munições, e diverso material que se suspeita ter sido furtado, além de ter identificado e constituído arguidos vários suspeitos.

Uma “operação especial” em dois bairros da cidade, na sequência do episódio registado a 4 de Setembro do ano passado, em que um homem apontou uma arma de fogo (shotgun) em direção a uma patrulha da PSP que circulava numa viatura “ameaçando-a de morte (suspeito actualmente em prisão preventiva).”

Segundo a polícia, na sequência desta ocorrência, “familiares e amigos do suspeito agrediram os polícias em causa, tentando por diversos meios impedir a detenção do possuidor da arma e evitar que a mesma fosse apreendida pela PSP. Só graças ao sangue frio, coragem e determinação dos polícias em questão foi possível controlar a ocorrência.”

Assim, no âmbito dum inquérito em investigação na PSP de Castelo Branco visando o apuramento de responsabilidades das pessoas que dificultaram a acção policial e agrediram os polícias, foi realizada a referida operação, dando cumprimento a três mandados de busca domiciliária e em viaturas, envolvendo meios especializados da Unidade Especial de Polícia (Grupo de Operações Especiais, Corpo de Intervenção e Grupo Operacional Cinotécnico), várias valências do Comando Distrital de Castelo Branco e Equipas de Intervenção Rápida de Portalegre, Leiria e Coimbra.

Comments are closed.