Região tem sido “bom exemplo” na resposta colectiva à pandemia

Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, elogia trabalho em rede das entidades locais. A falta de recursos humanos é, neste momento, o principal problema
0
44

A região tem sido “um bom exemplo de coordenação, trabalho em rede, e de uma grande resposta colectiva de todos à pandemia que vivemos.” Foi esta a garantia deixada pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, que na Covilhã, na passada sexta-feira, 25, reuniu na sala da Assembleia Municipal com as diversas IPSS (Instituições Particulares de Solidariedade Social), para abordar o actual contexto pandémico.

Se, em termos nacionais, os casos de covid-19 em lares ou centros de dia tem sido diariamente notícia, na região, até agora, pouco ou nada tem havido, o que Ana Mendes Godinho atribui ao bom trabalho que tem sido realizado por todos: desde IPSS, autarquias e Segurança Social. “É evidente esse trabalho” frisa.

Na Covilhã, o objectivo foi o de divulgar todos os programas de apoio que existem face ao momento que se vive e ouvir as preocupações de quem trabalha, sobretudo, em lares. “A falta de recursos humanos é um dos principais problemas e desafios” explica Ana Mendes Godinho que, contudo, lembra que os programas de apoio extraordinários para o reforço de recursos humanos em equipamentos sociais já permitiram colocar mais de oito mil trabalhadores no sector, nomeadamente em estruturas de apoio a idosos.

(Artigo completo na edição papel)

Comments are closed.