RUDE quer aliar turismo à fruticultura

0
175

A RUDE – Associação de Desenvolvimento Rural, com sede na Covilhã, vai criar um portefólio de experiências turísticas associadas à fileira frutícola da Cova da Beira, com o objetivo de promover os dois setores, anunciou, em comunicado.

A associação explica que está em causa um “projeto pioneiro em Portugal”, que tem como base o conceito de ‘frutiturismo’ (turismo da fruta) e que “pretende transformar a riqueza frutícola da região numa marca de identidade e de atração turística”.

Com a denominação “Pomar da Cova da Beira”, a iniciativa “cocriará um conjunto experiências turísticas distintivas e memoráveis associadas à fruticultura da Cova da Beira, em toda a extensão da cadeia de valor, agregando e valorizando o património, a paisagem e a cultura local e a promoção eficaz dessas propostas de experiências aos segmentos de mercado que mais as valorizam”.

“Construído em torno de um recurso endógeno e identitário do território, o projeto promoverá uma oferta turística singular e inimitável, que permitirá a diferenciação e a melhoria da competitividade do território, combatendo a sazonalidade turística e fortalecendo a capacidade de atração de visitantes para o território”, salienta a RUDE.

Comments are closed.