Situação agrava-se em Verdelhos; autarca de Manteigas aponta novas críticas

Pessoas evacuadas por precaução. Autarca de Manteigas não compreende nem aceita o que está a acontecer há quatro dias seguidos
0
525

Segundo o NC apurou, o grande incêndio que há mais de três dias lavra no concelho da Covilhã e de Manteigas agravou-se nas últimas horas, em especial na zona de Verdelhos, com as autoridades a decidirem evacuar algumas casas que estão na linha de fogo, por precaução.

Segundo a presidente de Junta, Daniela Correia, citada pelo JF, tratam-se de habitações

em quintas, com animais, que estão a ser retirados na encosta por cima do cemitério. A autarca revela ainda que as mudanças de vento têm provocado alterações constantes na trajectória do fogo.

O NC sabe que também na zona de Manteigas, as chamas voltaram a ir em direcção a Sameiro.

O autarca local, Flávio Massano, actualizou a situação há cerca de meia hora, dizendo que voltou a haver uma frente de incêndio activa no concelho (Lomba das Cancelas), vinda da encosta de Verdelhos, “onde não se consegue resolver o problema de base e onde tudo arde com muita intensidade e em várias frentes. Na nossa cumeada, mais uma vez a rede primária não serviu de nada e a situação pode ser desastrosa” diz o autarca.

O presidente da Câmara de Manteigas diz não compreender “nem aceitamos o que está a acontecer há quatro dias consecutivos, apesar de todos os avisos com horas e horas de antecedência do que poderia acontecer”. E diz que o posto de comando regional montado no Teixoso está a quilómetros do teatro das operações do seu concelho, “enquanto a estratégia de combate nos parece – e a todos com quem falámos – inócua nesta fase, desculpem dizê-lo. Estamos neste momento a dirigir-nos ao centro de decisão para darmos o nosso contributo, porque deste lado os operacionais precisam de ordens firmes e concretas para poderem actuar”.

O autarca, contudo, apela à calma e à confiança nos operacionais que estão no terreno.

Comments are closed.