Sycrilor prevê nova fábrica até final de 2021

Irá criar 50 postos de trabalho no Parque Industrial do Tortosendo
0
1212

A pandemia reduziu em 25% o volume de negócios da Mepi Surfaces, empresa de polimentos instalada no Parque Industrial do Canhoso, mas o grupo Grupo FM Sycrilor Industries, a que pertence a dependência na Covilhã, mantém a intenção de investir, no período máximo de dois anos, numa nova unidade fabril no Parque Industrial do Tortosendo, onde o terreno já foi adquirido.

A expectativa da empresa é que até ao final de 2021 a construção da nova fábrica esteja concluída, com toda a cadeia de produção, e sejam criados pelo menos mais entre 40 a 50 postos de trabalho, além das 180 pessoas a laborarem no Canhoso.

Vítor Carvalho, director industrial, adianta que “neste momento o grupo está a expandir-se em Portugal”. “Está previsto, a nível do grupo, haver algumas transferências, para termos aqui a cadeia de valor completa, desde a maquinação, soldadura, estampagem”, acrescenta o responsável.

Ao lado de Pascal Emoni, o director do grupo franco-suíço, na quarta-feira, 22, durante a visita da secretária de Estado da Valorização do Interior, Isabel Ferreira, às instalações, adiantou contar “depois de Agosto” iniciar a transferência, para a Covilhã, de algumas actividades de produção.

Apesar dos constrangimentos motivados pela covid-19, a Mepi Surfaces “conseguiu manter 75% do volume de negócios”, acentua o director industrial.

A Mupi Surfaces, empresa de polimentos de precisão, tem vindo a aumentar o número de postos de trabalho e prepara semanalmente milhares de peças terminadas para artigos de luxo de marcas como a Hermès, Cartier, Louis Vuitton ou Mont Blanc.

(Notícia completa na edição papel)

Comments are closed.