Transdev fica com transportes por mais seis meses

Câmara faz adjudicação directa pelo mesmo valor de há seis meses atrás: 735 mil euros
0
529

Pelo mesmo valor que há seis meses atrás. A Câmara da Covilhã adjudicou, por ajuste directo, a prestação de serviços de transporte regular de passageiros na Grande Covilhã à Transdev, pelo valor de 735 mil euros. O despacho foi aprovado na última reunião do executivo, na sexta-feira, 22, pela maioria PS, já que o vereador Carlos Pinto, do movimento De Novo Covilhã se ausentou da reunião (à qual assistiu a parte por videoconferência) e o vereador do CDS/PP, Adolfo Mesquita Nunes, se absteve na votação.

Mesquita Nunes disse perceber as dificuldades do executivo nesta concessão, tendo esta que fazer “quase tudo” para garantir transportes públicos na cidade, mas considerou que deveria ter havido um concurso aberto ““a concorrência” neste ajuste directo, dado o “valor elevado” em causa. “Temos a noção, no actual quadro de pandemia, que estes ajustes directos se vão prolongar por muito tempo, e por isso, deveria a Câmara ouvir outras propostas” disse o vereador popular.

Vítor Pereira lembrou, contudo, que estes são “os preços generalizados” em muitas partes do País, que as empresas “têm noção das dificuldades”, esperando num futuro próximo já poder ter outro tipo de concurso público. “Esperemos que com a vacinação e a Primavera as nossas expectativas se venham a confirmar” frisa.

(Notícia completa na edição papel)

Comments are closed.

Mais Notícias