UBI apoia monitorização do vulcão Cumbre Vieja

Os trabalhos estão a ser realizados por Rui Fernandes, docente do departamento de informática, e por Gonçalo Henriques, bolseiro do mesmo departamento
1
215

A Universidade da Beira Interior (UBI), na Covilhã, está a dar apoio às autoridades das Canárias no reforço da monitorização da erupção vulcânica na Ilha de La Palma, depois da entrada em actividade do vulcão Cumbre Vieja.

Em nota de imprensa, a UBI explica que a colaboração foi solicitada por cientistas espanhóis ao C4G – Colaboratório para as Geociências, infra-estrutura de investigação sediada na universidade covilhanense. “A equipa da UBI vai instalar quatro receptores GNSS (Global Navigation Satellite System) e recolher dados da deformação superficial causada pela erupção, até ao final da mesma. Os equipamentos da UBI, que ficarão à guarda das autoridades espanholas, consistem em receptores, antenas, routers, painéis solares, controladores solares e cabos de antena”, é detalhado.

Segundo a informação, os trabalhos estão a ser realizados por Rui Fernandes, docente do departamento de informática, e por Gonçalo Henriques, bolseiro do mesmo departamento. A UBI acrescenta que a instalação dos equipamentos será custeada com verbas próprias do SEGAL, grupo coordenado por Rui Fernandes, no departamento de informática da UBI.

Texto completo na edição papel do NC.