UBI manifesta pesar pela morte de estudante na Polónia

Maria João Neto, 23 anos, encontrava-se na Universidade de Varsóvia, no âmbito do programa Erasmus
1
756

A Universidade da Beira Interior (UBI) manifestou o seu pesar pela morte da estudante Maria João Neto, 23 anos, que estava a fazer Erasmus na Polónia e cujo corpo foi encontrado na varanda do campus de uma Universidade na quinta-feira. A estudante do curso de Economia encontrava-se atualmente na Universidade de Tecnologia de Varsóvia, no âmbito do programa de mobilidade Erasmus.

A Universidade de Beira Interior afirma que as circunstâncias do falecimento estão a ser investigadas pelas autoridades polacas, de acordo com as informações transmitidas pela Universidade de Tecnologia de Varsóvia. “A Universidade de Beira Interior endereça os mais sentidos votos de pesar e condolências à família e amigos, tendo sido aprovado um voto de pesar pelo ocorrido, na reunião do Conselho Geral, realizada esta manhã”, afirma uma nota publicada no site da Universidade, informando “que irá prestar o apoio necessário à família, neste momento de dor”.

A Associação de Alunos da Universidade da Beira Interior da Covilhã também se manifestou afirmando  “o mais profundo sentimento de pesar com que a AAUBI recebeu a notícia da perda de uma aluna desta academia”, “a sua tristeza pelo falecimento”, apresentando assim “as maiores condolências à família e amigos”. O Luto Académico foi decretado às 21 horas de sexta-feira, 15 de Outubro.
A jovem de vinte anos foi esta quinta-feira encontrada morta na varanda de um dos dormitórios da Universidade de Educação Física de Varsóvia afirmou a polícia local. Uma porta-voz da polícia de Varsóvia disse que as autoridades foram chamadas ao campus por volta das 8 horas da quinta-feira, onde verificaram que existia um cadáver na varanda de um dos dormitórios. Ainda não está esclarecida a causa da morte da estudante.

Mais Notícias