UBI mostra património do passado industrial da Covilhã

Universidade cria percurso pedestre para mostrar edifícios ligados à tradição industrial
1
206

A Universidade da Beira Interior (UBI) criou um percurso pedestre para mostrar o património edificado da academia ligado à tradição industrial da cidade.

Em nota de imprensa, a UBI especifica que a “Rota CampusLANA” foi desenvolvida pelo Museu de Lanifícios e que é apresentada hoje, quinta-feira, 18, quando se assinala o Dia do Património Académico Europeu. “Partindo da Parada (antiga Praça Central da Real Fábrica de Panos), essa rota segue o percurso das faculdades-polos-fábricas da UBI, subindo e descendo encostas, percorrendo caminhos e escadas, para terminar com a descida da reitoria, no convento de Santo António, até à sede do Museu de Lanifícios, na Real Fábrica Veiga”, refere a universidade.

Segundo especifica, o percurso vai dar a conhecer o património cultural incorporado naquela academia, permitindo um conhecimento que vá além da mera contemplação estética, em direção aos aspectos históricos, geográficos, económicos, sociais e arquitectónicos, entre outros. A UBI lembra, igualmente, que a Covilhã sempre esteve ligada aos lanifícios, aos ofícios e aos produtos da lã, e que o património da universidade está indissociavelmente ligado a essa história. “Se algumas das antigas fábricas ainda hoje são visíveis pelas encostas da cidade, seguindo o curso das ribeiras da Goldra e da Carpinteira, outras há que desapareceram ou estão em ruínas e outras ainda que se transformaram. Destas, algumas passaram a albergar faculdades da UBI (Ciências, Artes e Letras, Engenharia, Ciências Sociais e Humanas), residências estudantis (Pedro Alvares Cabral), núcleos museológicos (Reais Fábricas e Râmolas de Sol), a que se junta a reitoria, situada no convento de Santo António, num passado mais remoto ligado aos trabalhos do burel”, fundamenta.  De acordo com a fonte, “são essas estruturas que motivam a Rota CampusLANA que, depois da inauguração simbólica, manter-se-á como uma rota continuada e regular, tendo como destinatários não só os estudantes e os docentes e investigadores da UBI, mas também toda a população”.

A apresentação desta rota está marcada para hoje, pelas 9 horas e 30, com início na Parada (antiga Praça Central da Real Fábrica de Panos).