Unidade de Cuidados Continuados avança na Covilhã

Projecto da Santa Casa
0
595

A Santa Casa da Misericórdia da Covilhã (SCMC) quer criar uma Unidade de Cuidados Continuados com capacidade para 60 pessoas, num investimento previsto de 4,5 milhões de euros.

O projecto, que já tem aprovação da Administração Regional de Saúde do Centro e que vai esta semana dar entrada na Câmara da Covilhã, será candidato ao Programa de Recuperação e Resiliência (PRR) com o objectivo de garantir financiamento para a obra. Caso a candidatura seja aprovada, a unidade será construída de raiz num terreno que já é propriedade da SCMC e que se localiza na zona da quinta do Ribeiro Negro, localizado na periferia urbana da cidade.

O edifício contará com duas alas distintas, uma destinada a 30 camas de cuidados de convalescença de curta duração e a outra para as 30 camas de cuidados de média e longa duração, conforme explicou na segunda-feira, 17, em conferência de imprensa, o provedor da instituição, António Neto Freire. “Pretendemos que esta unidade seja uma realidade para todos nós, porque está dentro da matriz da Misericórdia ao nível dos cuidados prestados às pessoas”, diz, explicando que a criação das 60 camas também já está aprovada.

(Notícia completa na edição papel desta semana)

Comments are closed.