Vão ser vacinadas 19 mil pessoas na Cova da Beira

Na primeira fase de vacinação contra a covid-19
0
908

Até segunda-feira, 8, tinham sido vacinadas na Cova da Beira, contra a covid-19, 2.769 pessoas, entre profissionais de saúde, lares e outras instituições, mas até ao final da primeira fase serão contemplados 19.023 cidadãos no conjunto dos municípios da Covilhã, Fundão e Belmonte, num total de 38.046 vacinas ministradas.

Segundo Carlos Martins, do Conselho Clínico do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) da Cova da Beira, os 272 profissionais de saúde vacinados correspondem “a cerca de 90%” do ACES. Os lares, são 41 onde a inoculação foi feita e faltam nove, relativos a instituições onde se registaram surtos e é necessário esperar duas semanas até poder ser feita a vacinação.

A vacina contra o vírus SARS-CoV-2, que provoca a doença covid-19, começa a ser ministrada a maiores de 80 anos esta sexta-feira e sábado, dias 12 e 13, no Fundão, onde foi montada uma estrutura para o efeito no Pavilhão Multiusos. Depois desta acção-piloto, durante a qual se prevê vacinar 300 pessoas, a operação é alargada à restante população nessa faixa etária.

No total, está prevista a vacinação na Covilhã de 4.686 pessoas com mais de 80 anos, 2.664 no Fundão e 108 em Belmonte, num total de 8.058.

Anil acolhe Centro de Vacinação da Covilhã

Na Covilhã está a ser preparado, no Pavilhão da Anil, um Centro de Vacinação, que terá quatro salas e um gabinete médico. As previsões do ACES apontam para o atendimento diário de 192 pessoas, metade de tarde e a outra metade de manhã. Ao fim-de-semana a capacidade vai duplicar e o plano prevê inocular 1.344 pessoas por semana, incluindo os maiores de 80 anos e as pessoas com mais de 50 anos e com algumas patologias, como a doença coronária, a insuficiência cardíaca, a insuficiência renal ou a doença pulmonar obstrutiva crónica.

Na Cova da Beira são cerca de sete mil as pessoas incluídas neste último grupo, que se prevê comecem a ser inoculadas “dentro de três a quatro semanas”, de acordo com Carlos Martins.

(Notícia completa na edição papel)

Comments are closed.