Vitória

Serranos vencem na Póvoa do Varzim por 1-2 e afastam-se dos lugares de despromoção. Gilberto e Enoh fizeram os golos
0
347

Era preciso ser pragmático. Jogar para os pontos. Era este o aviso do novo treinador, José Bizarro, após o empate de estreia frente ao Vizela. Dois jogos depois, com essa receita, o Covilhã voltou, após nove jornadas de jejum, a ganhar. E logo fora, frente a um adversário directo na luta pela manutenção, o Varzim. Por 1-2, em jogo da 21ª jornada da II Liga disputado na tarde/noite de segunda-feira. Gilberto, aos 12 minutos (grande golo) e Enoh, aos 14, fizeram os golos dos “Leões da Serra”. O Varzim reduziu aos 46 por Luís Pedro.

Um jogo com duas partes bem distintas. Um Covilhã que entrou a dominar, sem receio, que tinha mais bola, e que acabou por marcar cedo. E logo por duas vezes. Na segunda parte, uma equipa que após o golo sofrido se encolheu no seu meio-campo, foi dominada, cerrou unhas e dentes para conservar os três pontos, o que conseguiu graças à luta que os jogadores deram, mas também devido à grande exibição dos dois centrais, André Almeida e Jaime, e do guardião brasileiro Leo Navacchio.

(Notícia completa na edição papel)

Comments are closed.