Volta a Portugal sobe à Torre a 7 de Agosto

Este ano, a 83ª edição da Volta a Portugal arranca com um prólogo, em Lisboa, a 4 de Agosto e visita a Espanha, numa etapa entre Badajoz e Castelo Branco. Dificuldades da Serra da Estrela aparecem no quarto dia de prova
0
444

A organização da Volta a Portugal confirmou as etapas da 83.ª edição, que vai arrancar com um prólogo em Lisboa, dar um “salto” a Espanha, subir a Torre ao quarto dia e terminar num contrarrelógio Porto-Gaia.

Uma imagem publicada nas redes sociais, sem informações adicionais quer de quilometragem, quer do percurso em si, foi a forma escolhida pela organização da prova ‘rainha’ do calendário nacional para revelar as paragens da edição que estará na estrada entre 4 e 15 de Agosto e que, como já se tornou habitual, começa com um prólogo em Lisboa.

No dia seguinte, 5, Vila Franca de Xira servirá de partida para uma tirada que rumará a Elvas e que antecede o ‘salto’ para Espanha, com a segunda etapa a ligar Badajoz a Castelo Branco, no dia 6, um sábado.

Ao quarto dia, domingo, 7, o alto da Torre surge diante dos ciclistas, que partem da Sertã, sendo o primeiro grande teste às forças dos candidatos à vitória final, que na quarta etapa terão uma jornada teoricamente mais descansada entre a Guarda e Viseu, palco do único dia de descanso.

A corrida regressa à estrada a 10 de Agosto, numa ligação entre a Mealhada e Miranda do Corvo, mais concretamente o Observatório de Vila Nova, e prossegue com a sexta etapa, disputada entre Águeda e a Maia.

Santo Tirso acolhe este ano a partida da sétima tirada, no dia 12, que acaba em Braga, com Viana do Castelo a ‘trocar’ também de papel nesta edição, acolhendo o início da oitava etapa, que termina em Fafe, no dia 13.

No domingo, 14 de agosto, é dia de Senhora da Graça, com a emblemática subida a ser escalada no final de uma ligação que começa em Paredes e que ajudará a acertar as contas da geral, definidas no dia seguinte num contrarrelógio entre o Porto e Vila Nova de Gaia, onde a Volta termina a 15 de Agosto.

Comments are closed.